A PHP Error was encountered

Severity: Notice

Message: Undefined index: HTTP_ACCEPT_LANGUAGE

Filename: hooks/lang.php

Line Number: 26

A PHP Error was encountered

Severity: Warning

Message: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at E:\inetpub\portalapcd2016\system\core\Exceptions.php:185)

Filename: libraries/Session.php

Line Number: 675

Portal APCD - Conceitos atuais sobre dor de dente em crianças pré-escolares
APCD - Associação Paulista de Cirurgiões-Dentistas

Conceitos atuais sobre dor de dente em crianças pré-escolares

Ivonne Elena Vasquez Aillon - Mestranda em Odontopediatria na Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo (Fousp)

Gustavo Tello - Doutorando em Odontopediatria na Fousp

Gabriela Oliveira Berti - Doutoranda em Odontopediatria na Fousp

Evelyn Alvarez Vidigal - Doutoranda em Odontopediatria na Fousp

Thais Cordeschi - Mestranda em Odontopediatria na Fousp

Jenny Abanto - Pós-Doutoranda em Odontopediatria na Fousp


Recebido em: out/2015
Aprovado em: dez/2015

Autor de correspondência:
Ivonne Elena Vasquez Aillon - Fousp
Av. Professor Lineu Prestes, 2227
Cidade Universitária -
São Paulo – SP
05508-000
Brasil
ivy_20078@hotmail.com0402

3-062
Resumo
A dor é definida como uma sensação desagradável, ocorrendo como resultado de uma lesão ou doença. No entanto, a dor é uma sensação, que também inclui a percepção, e a interpretação subjetiva do desconforto. Sendo assim, trata-se de um fenômeno multidimensional que constitui um desafio para os profissionais de saúde, e em especial para os odontopediatras. Sabe-se que grande parte da população infantil somente procura atendimento odontológico quando experimentam dor e desconforto, e esse sintoma é geralmente provocado por lesões de cárie severas não tratadas, aquelas com envolvimento pulpar. Assim, o reconhecimento da dor de dente em crianças é visto como uma prioridade em Odontopediatria. Dados epidemiológicos indicam que crianças pré-escolares apresentam mais de 80% de lesões de cárie dentária não tratada, sendo estas o principal fator associado à dor em crianças e constituindo um problema comum em muitos países.

Descritores: assistência odontológica para crianças; odontalgia; dor

Abstract
Pain is defined as an unpleasant sensation, occurring as a result of injury or disease. However, Pain is a sensation, which also includes the perception and subjective interpretation of discomfort. Thus, it is a multidimensional phenomenon being a challenge for health professionals, and especially for dentists. It is known that much of the child population only seeking dental care when they experience pain and discomfort, and this symptom is usually caused by severe untreated carious lesion, those with pulp involvement. Thus, recognition of dental pain in children is seen as a priority in pediatric dentistry. Epidemiological data indicate that preschool children have more than 80% of untreated caries lesions, being the main factor associated with dental pain in children and constituting a common problem in many countries.

Descriptor: dental care for children; toothache; pain

1) Como ocorre o processo de progressão da lesão de cárie que causa dor?
Os estágios iniciais de lesão de cárie não apresentam sintomas, porém quando a lesão de cárie se desenvolve e atinge uma parte mais profunda do dente conhecida por dentina, que está perto da polpa (nervo) do dente, há o início dos sintomas de dor. Se a lesão de cárie profunda não for tratada, pode levar a processos infecciosos que também causam dor e desconforto e a necessidade de procedimentos mais complexos como tratamento pulpar e exodontias.

2) Que aspetos gerais são afetados por um episódio de dor de dente e desconforto?
Dor de dente interfere com aspectos importantes do desenvolvimento da criança, tais como alimentação, aprendizagem, rendimento escolar, comportamento e atividades de lazer. Há estudos mostrando que a presença de dor de dente piora significativamente a qualidade de vida das crianças e a da sua família. Também, muitas crianças deixam de ir à escola por terem dor de dente, e em consequência, os pais faltam ao emprego para poder levar seus filhos ao Cirurgião-Dentista.

3) Como compreender os sinais de dor em crianças de pouca idade?
A dificuldade de comunicação e o desenvolvimento cognitivo imaturo em crianças de pouca idade são as principais barreiras de comunicação entre elas e o odontopediatra, por isso novas ferramentas foram desenvolvidas para auxiliar o Cirurgião-Dentista a avaliar a experiência e intensidade da dor. Atualmente existem questionários e escalas com desenhos que podem ser úteis na mensuração da dor em pré-escolares. Exemplos destas ferramentas são a versão brasileira do Questionário de Desconforto Dental (DDQ) (relato dos pais) e a Escala de Dor de Wong-Baker (auto-relato da criança).

4) Quais são os sinais que a criança manifesta quando apresenta dor de dente?
Pais ou responsáveis precisam estar atentos para perceber alterações na rotina ou no comportamento da criança com dor de dente. De acordo com o questionário DDQ, deve-se estar atento para detectar se a criança morde alimentos com os dentes de atrás ao invés de usar os dentes da frente, se a criança joga fora os alimentos logo depois de comer, se a criança chora durante as refeições quando tem que mastigar os alimentos ou se ela mastiga os alimentos somente de um lado da boca, ou ainda se a criança leva a mão ao rosto de repente enquanto come, ou se chora a noite enquanto dorme. A frequência dessas alterações de comportamento também deve ser avaliada, ou seja, é importante saber se ocorrem algumas vezes, muitas vezes ou nunca.

5) O que fazer quando uma criança apresenta dor de dente?
O tratamento odontológico faz uma diferença significativa na melhora dos sintomas, limitações funcionais, aspectos psicológicos e sociais da vida da criança. Assim, os pais devem levar seus filhos para realizar o tratamento com um profissional especializado em Odontopediatria, o qual tomará decisões e medidas para o tratamento curativo e preventivo e abordará a criança de acordo com técnicas de abordagem comportamental apropriadas para esta faixa etária.
É importante lembrar que a procura pelo odontopediatra não deve ocorrer somente quando há presença de dor. A educação sobre medidas de prevenção tais como a redução no consumo de açúcar e a higiene dentária com dentifrício fluoretado em concentração convencional são consideradas as melhores aliadas para obter e manter a saúde bucal e evitar dor e desconforto, protegendo o bem-estar dos pacientes infantis.

Referências
1. Abanto J, Paiva SM, Sheiham A, Tsakos G, Mendes FM, Cordeschi T, Vidigal EA, Bönecker M. Changes in preschool children’s OHRQoL after treatment of dental caries: responsiveness of the -ECOHIS. Int J Paediatr Dent 2015; doi: 10.1111/ipd.12192. [Epub ahead of print].
2. Acs G, Shulmann R, Ng M W, Chussid S. The effect of dental rehabilitation on the body weight of children with early childhood caries. Pediatr Dent 1999; 21: 109-113.
3. Boeira GF, Correa MB, Peres KG, Peres MA, Santos IS, Matijasevich A et al. Caries is the main cause for dental pain in childhood: findings from a birth cohort. Caries Res 2012; 46(5):488-95.
4. Bonecker M, Cleaton Jones P. Trends in dental caries in Latin America and the Caribbean 5-6 year old and 11-13-year-old children: a systematic review. Community Dent Oral Epid 2003; 31: 152-157.
5. BRASIL. Ministério da saúde. Pesquisa Nacional de Saúde Bucal. Resultados principais. SB Brasil, 2010.
6. Daher A, Costa M, Costa LR. Factors associates with paediatric dentist´s perception of dental pain in pre-schoolers: a mixed-methods study. Int J Paediatr Dent. 2015; 25 (1): 51-60.
7. Daher A, Versloot J, Lelees CR, Costa LR. Screening preschool children with tootache: validation of the Brazilian versión of the Dental Discomfort questionnaire. Health and quality of life outcomes 2014, 12:30.
8. Moure-Leite FR, Ramos-Jorge J, Ramos- -Jorge ML, Paiva SM, Vale MP, Pordeus IA. Impact of dental pain on daily living of five-year-old Brazilian preschool children: prevalence and associated factors. Eur Arch Paediatr Dent 2011; 12(6):293-7.
9. Versloot J,Veerkamp JSJ, Hoogstraten J:Dental Disconfort Questionnaire:assesment of dental disconfort and/or pain in very Young children.Community Dent Oral Epidemiol 2006, 34:47-52.
10. Von Bayer C, Uman I.S, Chambers CT, Gouthro A: Can we scrren Young children for their ability to provide accurate self-report of pain? Pain 2011, 152:1327-1333.

Veja também

Clube de benefícios
+

Direto da fábrica para sua casa!

Até 30% de desconto

Saiba mais

Programa de Vantagens Dell!

Descontos especiais

Saiba mais

Oferece um catálogo completo de livros!

Descontos especiais

Saiba mais

Desconto na loja virtual Havanna.

15% de desconto

Saiba mais