APCD - Associação Paulista de Cirurgiões-Dentistas

Bacteriocina inibe Porphyromonas gingivalis e estimula a cicatrização de tecidos, diz estudo

As bacteriocinas são toxinas proteináceas que são segregadas por bactérias

Estudando métodos inovadores para o diagnóstico e prevenção da infecção por Porphyromonas gingivalis e periodontite, um estudo sueco examinou os efeitos da bacteriocina PLNC8, um péptido antimicrobiano produzido pela estirpe NC8 de Lactobacillus plantarum. A análise mostrou que a PLNC8 inibiu o crescimento de P. gingivalis e simultaneamente estimulou a liberação de fatores de crescimento das células envolvidas na cicatrização de tecidos e feridas.

As bacteriocinas são toxinas proteináceas que são segregadas por bactérias e são capazes de matar células de outras estirpes bacterianas suscetíveis e frequentemente relacionadas. À luz do número crescente de infecções causadas por bactérias resistentes aos antibióticos, as bacteriocinas podem ser consideradas uma alternativa eficaz aos antibióticos tradicionais e podem ajudar a resolver o grande problema da resistência aos antibióticos, sugeriu a pesquisa.

No estudo atual, Sravya Nakka, estudante de doutorado na Faculdade de Ciências Médicas da Universidade de Örebro, na Suécia, investigou o efeito de PLNC8  sobre o patógeno periodontite P. gingivalis. Ela descobriu que PLNC8 inibiu o crescimento de P. gingivalis, enquanto estimulava a liberação de fatores de crescimento de células envolvidas no tecido e cicatrização. Além disso, ela não observou efeitos citotóxicos em células humanas no estudo. “Os efeitos antibacterianos e proliferativos de PLNC8 sugerem uma capacidade potencial destes peptídeos na prevenção e tratamento da infecção por P. gingivalis", concluiu Nakka. No entanto, estudos adicionais são necessários para esclarecer os mecanismos envolvidos e para demonstrar as aplicações terapêuticas desses agentes em uso clínico, enfatizou.

Expandindo sua pesquisa, Nakka agora planeja investigar os efeitos da bacteriocina sobre outros tipos de infecções. Além disso, ela vai começar a testar a aplicação de peptídeos antimicrobianos em ensaios clínicos.

Fonte: Dental Press

Veja também

Clube de benefícios
+

Até 60% OFF + brinde surpresa exclusivo!

Até 60% de Desconto

Saiba mais

Cestas e Kits com 15% OFF

15% OFF

Saiba mais

Respire livre de fungos, bactérias e vírus! Oferta APCD!

10% de Desconto

Saiba mais

O básico em sua versão mais moderna.

Descontos especiais.

Saiba mais

Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nossos serviços. Se quiser ainda, consulte nossa Política de Privacidade.