APCD - Associação Paulista de Cirurgiões-Dentistas

UTIs Covid-19: Cirurgiões-Dentistas previnem infecções que começam na boca e podem levar à morte

Há mais de um ano, Denise Abranche, presidente da Câmara Técnica de Odontologia Hospitalar do Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP), chega ao Hospital São Paulo por volta das 7h. Vai direto para a paramentação e entra na primeira UTI de Covid ainda pela manhã.;A Cirurgiã-Dentista percorre os 73 leitos de UTI ocupados por pacientes com Covid-19 no Hospital São Paulo. Há 23 anos na instituição, Denise Abranches viu seu trabalho ser transformado pela pandemia. Ela agora passa ao menos 10 horas por dia no trabalho, almoça dentro do carro, no estacionamento (“para não tirar a máscara perto de ninguém”, explica).

"Eu ponho a mão na boca do paciente contaminado, ponho a mão no vírus. A carga viral na saliva é alta. Para os médicos e técnicos de enfermagem, é um imenso risco colocar a mão na boca. Esse é o meu trabalho, não deles. E enquanto eu estiver de pé, estarei aqui cuidando do paciente que houver — diz a Cirurgiã-Dentista, sem esconder as lágrimas de cansaço e tristeza. 

O trabalho dos dentistas nas UTIs Covid é fundamental para conter ou impedir eventuais infecções que poderiam agravar o quadro da doença — principalmente a pneumonia associada à ventilação (PAV), uma infecção pulmonar comum entre os que estão sob uso de ventilador;Em março passado, além de ver o número de leitos do hospital dobrar com relação a 2020, Abranches perdeu a assistente, com quem trabalhava havia seis anos, vítima da Covid-19. No Hospital São Paulo, ela atende com outros 11 Cirurgiões-Dentistas, além de oito residentes.

Odontologia hospitalar

Um estudo publicado no International Dental Journal, em 2018, mostrou que o cuidado odontológico, desde a simples escovação até restaurações, preveniu 56% das infecções respiratórias, como a pneumonia, em pacientes em ventilação mecânica. Ainda assim, são poucos os profissionais atuando na chamada Odontologia Hospitalar. Segundo o Conselho Federal de Odontologia, há 2.120 Cirurgiões-Dentistas hospitalares no país. Não existe uma lei federal que obrigue hospitais públicos a contratar os profissionais, embora muitos tenham a figura do cirurgião bucomaxilo, que, fora do contexto de pandemia, costuma ser acionado em casos de traumas. O trabalho de higiene bucal nas UTIs em geral é realizado por enfermeiros e técnicos de enfermagem. 

Fonte: O Globo

Veja também

Clube de benefícios
+

Câmeras e assessórios com descontos.

Até 30% de desconto

Saiba mais

A loja completa para mães & filhos.

Descontos especiais.

Saiba mais

Ofertas especiais para você, confira!

Até 25% de desconto

Saiba mais

Direto da fábrica para sua casa!

Descontos especiais.

Saiba mais