APCD - Associação Paulista de Cirurgiões-Dentistas

07/04 - Dia Mundial da Saúde: "Minha Saúde, Meu Direito"

Em 7 de abril de 2024, celebra-se o Dia Mundial da Saúde! Este ano, mais do que celebrar, a Organização Mundial da Saúde (OMS) faz um chamado à ação, um alerta urgente sobre os desafios enfrentados. Sob o tema "Minha Saúde, Meu Direito", a OMS reforça a necessidade de garantir esse direito fundamental a todas as pessoas, em todos os lugares.

O tema deste ano destaca a importância de diversos elementos para garantir o direito à saúde de todos. Desde serviços médicos essenciais até educação e informação sobre saúde, acesso à água potável, alimentação saudável, moradia digna, condições de trabalho seguras e, crucialmente, viver livre de discriminação. Todos esses são componentes essenciais de uma vida saudável e devem ser garantidos a todos, sem exceção.

Neste contexto, o presidente da Associação Paulista de Cirurgiões-Dentistas (APCD), Dr. Wilson Chediek reforça o quanto a saúde bucal desempenha um papel fundamental no bem-estar geral do indivíduo e alerta que, no Brasil, apesar dos esforços, a assistência à saúde bucal no Sistema Único de Saúde (SUS) ainda é deficiente. “Uma parcela significativa da população enfrenta dificuldades de acesso aos serviços de saúde bucal, e nem todas as Unidades de Saúde oferecem atendimento odontológico. Esta lacuna na assistência à saúde bucal ressalta a necessidade urgente de expandir o atendimento e aprimorar os serviços odontológicos disponíveis no país".

A importância da saúde bucal para o bem-estar geral

Enquanto nos esforçamos para garantir uma saúde global abrangente, é crucial não negligenciar um aspecto muitas vezes esquecido: a saúde bucal. “A boca é a porta de entrada para o corpo humano, e a saúde bucal está intimamente ligada à saúde do resto do organismo. Infecções bucais, como lesões de cárie e doença periodontal, não só causam desconforto localizado, mas também podem ter impactos significativos em outros sistemas do corpo. Por exemplo, a periodontite, uma forma avançada de doença das gengivas, tem sido associada a condições como diabetes, doenças cardíacas e complicações na gravidez. As bactérias presentes na boca podem entrar na corrente sanguínea, desencadeando respostas inflamatórias que afetam o funcionamento de órgãos distantes”, lembra o presidente da APCD.

Além disso, a saúde bucal desempenha um papel crucial na nutrição e na capacidade de desfrutar dos alimentos. Problemas dentários, como dentes perdidos ou doloridos, podem limitar a capacidade de comer alimentos nutritivos, levando a deficiências nutricionais e impactando negativamente a saúde geral.

A saúde bucal também tem implicações sociais e emocionais significativas. Um sorriso saudável não só melhora a autoconfiança e a autoestima, mas também facilita interações sociais e profissionais. Por outro lado, problemas dentários podem causar constrangimento e isolamento, afetando negativamente a saúde mental.

“É essencial reconhecer a importância da saúde bucal dentro do contexto da saúde geral. Incentivar hábitos de higiene bucal adequados, como escovação regular, uso de fio dental e visitas ao Cirurgião-Dentista, não é apenas crucial para manter um sorriso bonito, mas também para promover um corpo saudável e uma vida plena. Investir na saúde bucal é investir no bem-estar geral e na qualidade de vida de cada indivíduo”, finaliza Dr. Chediek.

Veja também

Clube de benefícios
+

Serviços especializados aos associados!

Descontos especiais!

Saiba mais

Desconto especial para Associados

Descontos especiais

Saiba mais

Óculos e Lentes Oftálmicas

12% de desconto

Saiba mais

Descontos exclusivos na Centauro!

Descontos incríveis

Saiba mais

Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nossos serviços. Se quiser ainda, consulte nossa Política de Privacidade.