A PHP Error was encountered

Severity: Notice

Message: Undefined index: HTTP_ACCEPT_LANGUAGE

Filename: hooks/lang.php

Line Number: 26

A PHP Error was encountered

Severity: Warning

Message: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at E:\inetpub\portalapcd2016\system\core\Exceptions.php:185)

Filename: libraries/Session.php

Line Number: 675

Nova bactéria bucal é associada ao câncer de esôfago - Portal APCD
APCD - Associação Paulista de Cirurgiões-Dentistas

Nova bactéria bucal é associada ao câncer de esôfago

Pesquisas anteriores mostraram que vários tipos de bactérias bucais contribuem para o desenvolvimento de cânceres como: câncer de cólon, câncer pancreático e câncer esofágico.

Pesquisas anteriores mostraram que vários tipos de bactérias bucais contribuem para o desenvolvimento de cânceres como: câncer de cólon, câncer pancreático e câncer esofágico. Um novo estudo de pesquisadores japoneses sugeriu agora que outro patógeno comumente encontrado na cavidade oral, Fusobacterium nucleatum, pode estar relacionado ao desenvolvimento de câncer de esôfago.

Foi recentemente relatado que o F. nucleatum, que também é conhecido por causar doença periodontal, foi frequentemente detectado no tecido do cancro do cólon e que pode ter um efeito sobre o desenvolvimento de cancro colorectal. Isso levou os pesquisadores da Universidade de Kumamoto no Japão a suspeitar que o F. nucleatum também pode desempenhar um papel importante na causa do câncer esofágico, devido à proximidade da cavidade oral ao esôfago. O estudo, intitulado “Microbiome Humano Fusobacterium Nucleatum em Esophageal Cancer Tissue está associado com prognóstico” foi publicado online no Clinical Cancer Research Journal.

Usando PCR em tempo real (reação em cadeia da polimerase), eles avaliaram o DNA do tecido canceroso de 325 pacientes que foram submetidos a cirurgia para remover o câncer esofágico no Hospital Universitário de Kumamoto. Eles descobriram que 74 dos 325 pacientes (quase 23%) tinham F. nucleatum em seu tecido com câncer. Os pesquisadores compararam o tempo de sobrevivência após a cirurgia de pacientes cujos tecidos de câncer esofágico deram positivo para F. nucleatum com aqueles com tecido que não deram positivo.

Os pesquisadores descobriram que o grupo com F. nucleatum em seu tecido tinha significativamente menor tempo de sobrevivência. Além disso, o número de genes de quimiocinas específicas – proteínas relacionadas ao transporte de glóbulos brancos – foi aumentado em pacientes com F. nucleatum, o que leva a um comportamento mais agressivo do tumor. “Este estudo sugeriu que a bactéria da cavidade oral F. nucleatum pode estar envolvida no desenvolvimento e progressão do câncer esofágico através de quimiocinas”, disse o autor principal do estudo, Hideo Baba do Departamento de Cirurgia Gastroenterológica da Universidade. “Deve-se notar que ainda é desconhecido se F. nucleatum em si causa câncer esofágico”, acrescentou. No entanto, ele e seus co-autores sugerem que F. nucleatum pode ser um potencial biomarcador prognóstico para câncer de esôfago. “Em pesquisa futura, depois de elucidar o papel do F. nucleatum no desenvolvimento do câncer esofágico com mais detalhes, devemos ser capazes de desenvolver novos medicamentos para melhor tratar esta forma de cancro”, concluiu Baba.

Fonte: Dental Press

Veja também

Clube de benefícios
+

A Privalia é o outlet de moda online Nº1 no Brasil.

R$20 de desconto

Saiba mais

Compass está com mais uma novidade para você!

Até 20% de desconto

Saiba mais

Neodent Loja Virtual: Instrumentais.

Instrumental 35%OFF

Saiba mais

5% de desconto

Saiba mais